LUSOFONIA / VÁRIAS COLABORADORAS DE SERMOS GALIZA ENTRE AS PARTICIPANTES – UCCLA: VI Encontro de Escritores de Língua Portuguesa

Escrtoria
XOÁN COSTA 

 

A União das Cidades Capitais de Língua Portuguesa (UCCLA) realiza entre os dias um e três de Fevereiro, na Cidade da Praia, o seu VI Encontro de Escritores de Língua Portuguesa, com participação de todos os estados da CPLP.

 

A UCCLA é uma associação intermunicipal de natureza internacional, criada a 28 de Junho de 1985, sendo que assinaram o acto de fundação, as cidades de Bissau, Lisboa, Luanda, Macau, Maputo, Praia, Rio de Janeiro e São Tomé/Água Grande. Neste momento, tem como membros efectivos, Angra do Heroísmo, Coimbra, Guimarães e Lisboa de Portugal, Benguela, Luanda e M`Banza Congo de Angola, Bissau, Bolama e Cacheu de Guiné-Bissau, e Brasília, Rio de Janeiro e Salvador de Brasil. Díli e Oecússi-Ambeno de Timor-Leste, Ilha de Moçambique e Maputo de Moçambique, Macau de China, Praia e Ribeira Grande de Santiago de Cabo Verde, Santo António do Príncipe e São Tomé/Água Grande de São Tomé e Príncipe são igualmente membros da UCCLA.

 

Segundo informações avançadas pelo Gabinete de Comunicação da UCCLA à Inforpress, a agência Cabo-verdiana de notícias, neste VI encontro, serão analisados três temas, nomeadamente “A Literatura e a Diáspora”, “A Literatura e a Insularidade” e a “Poesia e a Música”.

 

O evento contará, também, com iniciativas complementares, entre elas uma homenagem a Corsino Fortes ou a inauguração da exposição “Casa dos Estudantes do Império, 1944-1965. Farol da Liberdade”.

 

O  encontro, organizado em parceria com a Câmara Municipal da Praia (CMP), pretende ser um contributo para o diálogo e enriquecimento recíproco entre escritores dos diferentes países e continentes

 

O  encontro, organizado em parceria com a Câmara Municipal da Praia (CMP), pretende ser um contributo para o diálogo e enriquecimento recíproco entre escritores dos diferentes países e continentes e, além de vários escritores cabo-verdianos, como Arménio Vieira, Abraão Vicente, Germano Almeida e Vera Duarte, já estão confirmadas as participações de Ana Paula Tavares, José Luís Mendonça e Luandino Vieira de Angola, e João Paulo Cuenca de Brasil.

 

São outras confirmações Odete Semedo da Guiné-Bissau, Ricardo Pinto e Yao Jing Ming de Macau, Luís Patraquim e Paulina Chiziane de Moçambique, João de Melo, José Carlos Vasconcelos, José Fanha, José Luís Peixoto, Miguel Real e Zeca Medeiros de Portugal, e Goretti Pina de São Tomé e Príncipe.

 

O VI Encontro de Escritores de Língua Portuguesa, terá a abertura presidida pelo Presidente da República, Jorge Carlos Fonseca, no dia um de Fevereiro, e intervenções do representante dos escritores, José Carlos de Vasconcelos, do secretário-geral da UCCLA, Vitor Ramalho, e do presidente da CMP, Ulisses Correia e Silva.

 

De acordo com o programa, no mesmo dia será feita a apresentação do Prémio Cabo-verdiano de Literatura do BCA, em parceria com a Academia Cabo-verdiana de Letras, por António Castro Guerra e Vera Duarte, assim como apresentação/divulgação do Prémio Literário UCCLA “Novos talentos, Novas Obras em Língua Portuguesa”.

Entre as participantes achamos varias colaboradoras de Sermos Galiza, como Odete Semedo, Eileen Barbosa ou Vera Duarte, que vai defender em sua dissertação: Sodad e memória na literatura cabo-verdiana da diáspora a ideia de que  tendo Cabo Verde nascido de fora para dentro, a literatura da diáspora tem a mesma legitimidade que a produzida no país atendendo a que  os temas fundamentais são a Saudade, as estórias dentro da história e a luta pela independência, liberdade e desenvolvimento, com exemplos de obras  paradigmáticas como  Mamãe velha de Amílcar Cabral.

 

XOÁN COSTA 

 

Source: http://www.sermosgaliza.gal

 

Sermos Galiza (Portugal)

Commentaires